domingo, 8 de agosto de 2010

sesi renault


Eu fui. Meio desanimada, só fui pq é prova de campeonato, não quero desistir por motivos alheios à corrida. Mas como pesa o emocional nessas horas.Minha imunidade baixou esta semana,a rinite atacou, a dor no ciático quis voltar, o frio incomodou, e a cabeça deu mil voltas depois de quinta-feira.A vontade de jogar tudo pro alto foi enorme . É incrível o quanto as palavras machucam,ainda mais quando vem de pessoas com as quais passamos boa parte da vida. É difícil levantar a cabeça quando tem alguém pisando em cima dela. Mas minha fase de culpas já passou, e vão passar tb as dores da alma.
Enfim ,a corrida até não foi das piores, fiz o que estava ao meu alcance,consegui um 7º lugar geral num dia em que as mulheres resolveram aparecer em peso e acelerar muito. É legal largar depois dos homens, eles costumam incentivar enquanto passamos, mas é tb cansativo correr costurando no meio da massa de corredores.Fiquei fora do pódio geral ,que premia até o 6º lugar, mas em 1º na minha categoria. Pontuei e estou viva no circuito ,ainda em 1º na categoria comunidade.
E o carinho dos amigos é sempre um ótimo remédio. Não tem como sentir tristeza no meio de tantas pessoas alegres ,felizes em fazer aquilo que gostam: correr.Fui preparada pra enfrentar o frio, com as lembranças de 2007, mas foi bem diferente. Tive que abandonar as luvas, e antes da largada deixei pra trás tb a camiseta de manga comprida que usava por baixo da regata.
Meu tempo oficial foi 42'08 .
Esta semana vou começar a aumentar o volume do meu treino ,meu objetivo agora é a graciosa, e vou abaixar meu tempo do ano passado,se tudo correr direitinho.
E é claro ,treinar muita subida.Vale a pena pra encarar a montanha.
Foi muito legal tb acompanhar a conquista do Dario, que alcançou pela primeira vez uma marca abaixo de 1h . O tempo oficial dele foi 57'38.
Vou copiar meu amigo Jorge Ultramaratonista e colocar aqui as fotos que bati com meus amigos. Obrigada a cada um pelo constante apoio e carinho.



4 comentários:

Jorge disse...

Amiga Isabel, é nas adversidades que conseguimos conquistar vitórias, veja só lendo o seu blog vc disse que naõ estava 100% por cento de saúde e outras pessoas que vc conhece não te derem forças e dizendo palavras de desânimos, mais vc é guerreira e não abaixou a cabeça, vc foi lá, correu muito bem e ainda de quebra subiu ao pódio, só me resta dizer a vc parabéns, parabéns e parabéns é isso ae continue firme no seu propósito das corridas, não deixa ninguém lhe desanimar, Deus é com vc amiga...
Obrigado por citar o meu nome aqui no seu blog, a corrida é fascinante, cada vez mais conseguimos conquistar novos amigos é isso ae, desejo a vc uma ótima recuperação, boa semana e bons treinos.

Um forte abraço,

Jorge Cerqueira
www.jmaratona.com

Marli disse...

Ah Isabel...
Gosto tanto de vc, engraçado é que te conheci esse ano, e parece que te conheço a muito tempo... gosto mesmo, vc pode não acreditar, mas vc tem uma energia muito boa, uma pessoa de luz... espero que todos os seus problemas pessoais e emocional se acalme, e que vc tenha paz e equibrio interior, parabéns pela rpova, vc sempre no podium e arrasando... simbora correr... te gosto muito, V ctem uma estrela linda!!! Deixe ela Brilhar!!!

www.marlipalugan.blogspot.com
Twitter:@marlipalugan
e-mail: marlipaluga@gmail.com

Marcos Eduardo disse...

Parabéns mais uma vez, Isabel! Mais um show!
Parece chavão, mas nada é mais verdadeiro do que aquele ditado que diz que sempre há o dia seguinte...
É certo que as coisas vão melhorar. Nosso papel é ajudar isso a acontecer o mais rapidamente possível.

Bjs.

Joel dos Santos Leitão disse...

Isabel, parabéns pela conquista! Palavras são apenas palavras, e quando ditas em momentos de nervosismo nem sempre reproduzem o que se pensa. Mas de qualquer forma, ninguém é de ferro. Espero que você supere rapidamente essa fase e seja feliz. A vida tem essa dualidade do bem e do mal, e no Direito aprendi que às vezes temos que usar a máxima 'sou contra o pecado, não contra o pecador'. Isso facilita o perdão e a compreensão dos sentimentos dos outros. Difícil, mas não é impossível. beijos, @JoelMaratonista